Silas Malafaia promete desmascarar Paulo Junior mas se atrapalha todo e não refuta nada

Silas Malafaia não gostou das declarações do pastor Paulo Junior, prometeu botar a boca no trombone, mas se atrapalhou e só mostrou o quanto é herege.

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Silas Malafaia gastou mais de 18 minutos do seu programa de sábado (18) para dar uma resposta ao pastor Paulo Junior, líder da Igreja Aliança do Calvário, que em um vídeo publicado em seu canal “Em Defesa do Evangelho”, citou por nome o pastor da Igreja Assembléia de Deus Vitória em Cristo, denunciando-o por suas heresias.

Malafaia usou o programa para reafirmar as referências de sua liderança e teologia e também, para não perder o costume, insultar a todos que discordam das suas falácias e criticam a sua Teologia da Prosperidade, chamando-os de crentes insubmissos, invejosos, caídos ou destruídos espiritualmente.

Assine o Blesss

O resumo de tudo que ouvimos foi:

1) Silas Malafaia: “Quem era você quando eu já estava na TV, para falar de mim?” Ou seja, ao contrário do que Paulo aconselhou a Timóteo (1 Tm 4.12), Malafaia tenta dizer: “a tua mocidade [Paulo Jr.] não te legitima a falar nada contra os mais antigos”.

Como Silas é um exímio competidor nos debates, ele induz sempre o argumento Ad Hominen que depõe contra si mesmo. O problema é que as críticas ao Malafaia – e isso ele insiste em não querer perceber – é que não são críticas a ele próprio, mas o que ele prega! Portanto, não se trata de “falar mal dele”, mas sim reafirmar em alto e bom som que no Evangelho os fins não justificam os meios, portanto, o que você faz (pela família e pelo social) pode ser até admirável, mas a centralidade do que você prega, Silas Malafaia, Paulo chamaria de anátema (Gl 1.9).

2) Silas se indignou porque Paulo Júnior teria afirmado que a teologia de Myles Munroe é heresia. Ele retrucou com sua voz nervosa: “Dizer que um cara desse [sic] é herege? Vai lavar tua boca, cara. Eu não conheci até hoje ninguém que falasse com tanta autoridade e clareza sobre o Reino de Deus (…) Eu vou dizer aqui, o homem mais sábio que cruzou na minha vida até hoje foi Myles Munroe. Rapaz… você está mexendo com quem Deus chamou!”.

Bem, a grande questão é que não é apenas “alguma coisa” que o Myles prega de diferente, MAS a centralidade do Evangelho! Pense, se eu tiro as partes centrais do Evangelho e substituo por outra coisa, eu adultero o Evangelho; se eu acrescento (Gl 5.9) algo à obra perfeita de Cristo, eu tenho qualquer outra coisa e não Evangelho; como diria o Dr. J.I. Packer “uma meia verdade que se mascara como se fosse a verdade inteira torna-se uma mentira completa”. – “Mas… o que é que tem de tão grave na teologia do Myles?” Vou citar só duas coisas seríssimas:

a) O mesmo ensinou que Jesus nunca morreu, mas ‘expirou’, soltou o ar que estava nele”. Isso contraria frontalmente o centro do cristianismo e ignora o que apóstolo João diz em João 12:32-23 “Quando [eu] for levantado da Terra, todos atrairei a mim. E dizia isto, significando de que morte havia de morrer” e Paulo em 1 Coríntios 1:18 “A mensagem da morte de Cristo na cruz é loucura para os que estão se perdendo”.

b) Myles defendia claramente que a maior dificuldade para se evangelizar as pessoas hoje em dia é que os crentes insistem em falar sobre sangue, morte e cruz. Para ele a centralidade da mensagem deveria ser o Reino de Deus, lugar onde Deus quer que estejamos – isto é, fale para pessoas de um lugar de bem estar, riquezas, alegria… Ou seja, essas são as “boas novas”, o céu que Jesus anunciou e não a sua morte. Isso contradiz o que o apóstolo Paulo, responsável por grande parte do Novo Testamento, afirma em 1 Coríntios 2:2 “Pois decidi nada saber entre vocês, a não ser Jesus Cristo, e este, crucificado”. Tire mensagem da Cruz e não teremos mais Salvação e consequentemente Evangelho!

3) Silas também advogou a favor de seus gurus Murdock e Cerullo, e a sua argumentação foi a pior possível. Ele divulgou os livros dos supracitados, mostrando e lendo a capa de cada um deles, onde praticamente todos tinham temática sobre: riquezas, liderança, sucesso, batalha espiritual, vitória pessoal, e por aí vai…  Depois ele faz pergunta: “onde está a heresia?” Evidentemente, na pronta-resposta faríamos outra pergunta: “cadê o Evangelho?”.

4) Silas usou critérios pragmáticos para justificar o “não julgueis”. Ele deixou claro que a base de sua análise para saber se algum líder é de Deus ou não, não é o que o pastor ensina, isto é, não é a fidelidade a Palavra, MAS pelo sucesso quantitativo e financeiro de uma igreja. E nesse quesito Malafaia afirmou, nas entrelinhas, que não se deve chamar de herege alguém que tenha certo renome e uma amplitude ministerial. Isso denota algo totalmente oposto ao que as Escrituras Sagradas ensinam! Não havia “sucesso ministerial” para profetas como Ezequias e Jeremias; não havia “sucesso” nas adversidades financeiras, de saúde, nudez e prisões que nortearam a vida ministerial de Paulo (2 Co 11.24-29).

Não se julga um líder pela aceitação de diante dos homens, mas pela fidelidade a Palavra de Deus. Paulo bem sabia disso quando disse: “Porque, persuado eu agora a homens ou a Deus? ou procuro agradar a homens? Se estivesse ainda agradando aos homens, não seria servo de Cristo” (Gálatas 1.10).

5) Silas ainda tentou fazer contorcionismo bíblico ao se utilizar da passagem de Marcos 9.38-40 onde Jesus afirma “quem não é por nós é contra nós”, simplesmente para que ninguém julgue a mensagem e o mensageiro. Ao dizer isso, Malafaia afirma – e ainda no fim do programa confirma – que, ele não julga heresias os ensinos de outros líderes neopentecostais porque os considera parte do mesmo corpo, e que apesar de “algumas diferenças”, eles têm sucesso ministerial evidenciando então que são de Deus!

Vamos a uma rápida ponderação a texto citado por ele:

Primeiro, o que Jesus está falando é que havia um homem que não fazia parte oficialmente do grupo dos doze, e que estava expelindo demônios em seu nome, e que portanto, Jesus ao perceber o orgulho dos seus discípulos não rejeitou a atitude daquele homem – isso deixa claro o princípio de que todos aqueles que se envolvem com a sua causa, devem ser graciosamente reconhecidos. Ou seja, o texto que Malafaia cita não tem como mensagem central “não jugueis líderes de sucesso” ou “a despeito das heresias que eles pregam, não digamos nada, pois Jesus não quer que julguemos”!

Diante disso tudo, o argumento mais fatal que desfaz esse discurso de Silas, é lembrarmo-nos do que Jesus disse a igreja de Éfeso. Aqueles irmãos não se juntavam com o falso ensino dos nicolaítas, nem tampouco queria companheirismo com eles, entretanto o que foi que Jesus disse diante disso? “Não julgueis o que ensinam?”, ou “não falem nada sobre eles, nem digam o nome deles?”, evidente que não. Veja as palavras claras e contundentes de Jesus: “tendes a teu favor que odeias as obras dos nicolaítas, as quais eu também odeio” (Ap 2.6). Cristo mesmo denunciou a falsa obra dos falsos mestres de Éfeso e deixou claro seu repúdio e seu ódio por suas falsas doutrinas!

6) Ainda tentou outro contorcionismo bíblico, quando citou Atos dos apóstolos (5. 38-39), onde é feito menção a uma argumentação de Gamaliel: “deixem estes homens em paz, soltem-nos. Se o propósito ou atividade deles for de origem humana fracassará; se proceder de Deus, vocês não serão capazes de impedi-los, pois se acharão lutando contra Deus”. Pois é, realmente se uma pessoa é cristã e vive não mais para satisfazer suas próprias vontades (Gálatas 2. 20), antes, busca primeiro as coisas do alto e procura pregar o Evangelho e promover o Reino de Deus, daí sim, enquadra-se em Atos 5 citado acima. Mas, se alguém vive baseado no Evangelho da prosperidade, da colheita financeira, das “riquezas prometidas”, então, ao contrário do que Malafaia diz, não é contra Deus que estamos lutando, mas contra um Falso Evangelho.

Por fim, o programa não teve nada de novo, apenas mais uma confirmação de que:

1) Silas continua fechado com o partido de Murdock e Cerullo.

2) Continua um homem autocentrado e baseado no seu esforço meritório.

3) Continua entendendo que sucesso diante de Deus significa sucesso ministerial e financeiro.

4) Continua usando a teoria do “não-julgueis” para ameaçar aqueles que criticam seus ideais.

 

 

 

Por Misael Antognoni
Redação Consciência Cristã News
Imagem: Filipe Machado

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

26 Comentários

  1. Silas é arrogantee presunçoso se acha melhor que todo mundo deveria deixar de citar o.nome dele mesmo ficar dando.ibope só o deixa feliz e motiva, os cegos que idolatram ele adoram essas gritarias que faz

  2. Silas é um “pé quebrado” um “fora da curva”, não só ele mas, os outros tbm.
    Iludem pessoas com promessas e vitórias. Só se investi onde se tem interesses, e se os Cristãos investem nesse mundo, com obstinação em curas, vida familiar, financeiras e sentimentais. É por quê tem no mundo algum apreço.
    Quando Cristo é o centro, ele acrescenta o que for necessário a nossa vida.
    O céu não começa aqui, no mundo mora o maligno.
    Que Deus multiplique pastores como Paulo Jr.

    • Com todo respeito a sua opinião irmã, não se pode esquecer que bençãos e vitórias são prometidas pelo próprio Deus decorrente da nossa obediência a Ele e em tempo oportuno é claro. Um doente deve sim buscar pela sua cura assim como o pregador deve ministrar a oração de cura conforme o próprio Jesus ordenou ao dizer: curai os enfermos, expeli os demônios. Obvio, no entanto, que nossas necessidades jamais devem estar em primeiro lugar e sim o Reino do Céu. Não podemos ter uma visão fragmentada do evangelho, pois isso pode nos levar a apontar para somente os defeitos dos outros sem reçaltar as suas virtudes.

      • Realmente as bênçãos de Deus são resultados da obediência à sua Palavra. Mas o que vemos nas entrelinhas das mensagens destes homens é que pode viver de qualquer maneira, mas se vc contribuir com o ministério deles, Deus é obrigado a te abençoar. É por isso que o número de adultérios e divórcios e corrupção no nosso meio alcança números alarmantes.

  3. A partir do dia que esse Silas Malafaia apareceu na TV e pediu 900 reais para o povo prometendo apagar suas dívidas….depois sempre acompanhado de Morris Cerullo que disse que era o profeta de Deus, todo mundo tinha que enviar o seu dinheiro do aluguel porque Deus falou que ia dar uma casa. Conhece alguém que ganhou uma casa nisso ? Depois pra mim o pior de tudo que assisti pela TV ele gritando com os irmãos da assembléia noite adentro que nunca mais pisava na CGADB e que agora tinha uma igreja patenteada só dele. A igreja assembléia sustentou ele e a sua família a vida toda. E ele ficava repetindo gritando que patenteou a igreja era dele. Oras sinto muito mas ou este homem nunca foi crente ou deixou de ser a muito tempo. Só pensa e fala em dinheiro. Agora vende e quer que outros vendam pra ele também umas porcarias de livros que não valem quase nada por preços altos. O que as pessoas do mundo vão pensar de nós evangélicos ?

  4. Ele ( Silas) deixou de ser pastor há muito tempo. Em programas antigos pregava contra a teologia da prosperidade mas, agora caiu no mesmo engodo dos hereges pois foi atraido pela ganância. A mensagem do evangelho esta longe de suas pregações, há muito o Espírito Santo não fala mais por ele. Por outro lado o Pr. Paulo Jr. Tem trazido uma palavra verdadeira que esta pertubando os falsos mestres.

    • Eu o vejo como alguém imaturo como líder ministerial. Ele critica os outros; o que deixa claro que ele se sente superior em conhecimento aos que ele tem criticado. Todavia, não vejo Deus o exaltando e sim homens. Os sinais que acompanham os que creem de fato, ainda estou esperando ele divulgar. Curas, libertação, transformação de vidas, etc. Claro que sinais, não são garantias que um trabalho é de Deus, mas todo trabalho de Deus há sinais. Por enquanto, tenho visto suas pregações voltadas para um público alvo que já congrega em alguma denominação e não para os não crentes.

  5. O Cristianismo no Brasil precisa de uma conversão plena. Em todos os lugares. As pessoas precisam descobrir quem são e quem é Deus na vida delas. O que Cristo falaria com todas essas coisas acontecendo. Se oramos o Espírito Santo nos falará.
    Se refutarmos essa baixaria com simples desprezo e começarmos hoje trabalharmos no ide, isso tudo esfriaria.

  6. Na qualidade de Apologista me mantenho como tal defendendo o puro e verdadeiro evangelho de nosso senhor e salvador Jesus Cristo.
    A famigerada teologia a prosperidade tem deturpado a palavra de Deus a anos e a nós cumpre nos mantermos firmes na verdade da palavra de Deus.
    Como certa feita declarou o pastor Silas Malafaia, nada podemos contratar a verdade senão pela verdade é amar é falar a verdade cada um com o seu próximo.
    Ouço as ministrações do Pastor Paulo Junior e o admiro por seu conhecimento e posicionamento em se ater nós princípios bíblicos e teológicos como um verdadeiro Apologista e em nada discordo de seu posicionamento.
    Oro para que Deus levante neste Brasil mais é muito mais mesmo Apologista desta envergadura para a defesa do evangelho verdadeiro.
    Graça e paz a todos

  7. Minha oração meu clamor ao Senhor é que Ele guarde livre abençoe fortaleça ilumine o Pastor Paulo Junior, Paul Washer e todos os pastores que prezam pela pregação das Escrituras e de toda a Escritura e tenha misericórdia do Pastor Silva Maláfaia e converta quebranto o seu coração endurecido que ele volte as Escrituras se isso não for possível que o ministério destes falsos profetas acabem que os membros das suas megas igrejas sejam iluminados pelo Espírito Santo para perceberem que estão sendo enganados por um falso evangelho e abandonem estas igrejas e procurem igrejas que preguem o verdadeiro Evangelho do nosso Senhor Jesus Cristo amém.

  8. É triste em ver pessoas como silas falando coisas que vão alcontrario do que a Biblia diz, nem é o Paulo Junior quem diz, mas o que o proprio Cristo nos falou. O pior de tudo é que é um cego guiando outros varios cegos e levando os a um abismo. Como as escritura diz em Oseias “meu povo perece por falta de conhecimento” ( conhecer e entender o verdadeiro Evangelho de Cristo) .

  9. Esse tal de Paulo Junior e Silas Malafaia não estão defendendo o Evangelho ou a Cruz! Estão defendendo os seus próprios ideais e interesses. Porque, como pode defender o Evangelho fazendo o que exatamente o contrario do que está escrito nele? Quem está lucrando com essa guerra, é o inimigo, pois em uma guerra sempre perdesse vidas inocentes. Ao invés de ficarmos aqui tomando partido de A ou B, como igreja temos tomar o partido de Cristo, e orar para que ele guarde a sua noiva, e tenha misericórdia desses dois caras que estão se achando alguma coisa, porém estão perdidos. Pois quando perdemos tempo usando o púlpito para falar de alguém que não seja o Senhor, é porque a essência já foi perdida.

    • Concordo Felipe,esta virando disputa,mas por outro lado,nos leva a buscarmos a verdade,porque a palavra do Senhor diz:que perecemos por falta de conhecimento,se formos buscar a verdade não teremos tempo de ficarmos a favor de homens,a verdadeira conversão é em Cristo Jesus.Que o Senhor Jesus continue tendo misericórdia da igreja e que venhamos vigiar em todo tempo.

  10. Na minha opinião, Paulo Jr não fala dos parceiros dele, com a mesma ideologia que estão afundados em corrupção, é uma espécie de crítica seletiva, mas fala de outras denominações que não pensam da maneira fria da igreja dele. Seletivo apenas isso.

  11. a meia duzia de bobões que o silas fala,são os poucos que abriram os olhos…os muitos que seguem o silas,é a multidão dos perdidos por causa dos falsos profetas

  12. Gosto demais do Pastor Paulo Júnior e até hoje só vi um deslize dele, na sua pregação intitulada vestimenta feminina.

    Ele foi claro ao exortar as irmãs que fazem os varões pecarem. Misericórdia! Falácia pura! Um homem santificado de verdade peca se quiser, independente de mulheres bonitas ou feias, modestas ou escandalosas em sua linha de visão.

    Cada um dará conta de si mesmo a Deus, não podendo culpar a vizinha pela falta de consagração própria.

    Quanto ao Malafaia, sei que ele erra e exagera às vezes, mas hoje é o único com coragem, voz e representatividade para defender o povo de Deus diante de tanta abominação emergente no Brasil. Oremos por ele.

  13. Oh zé povinho que se diz de Deus, desse jeito que tipo de luz vocês são? Vc quer viver na miséria viva….pare de julgar os outros!!!! O Sangue de Jesus tem Poder!!!!!

  14. Se esses apresentadores de televisão gastassem o tempo acusando um ao outro em pregar a salvação de Cristo ao próximo nas ruas, esquinas, praças, etc… Seria muito mais vantajoso.

  15. Caro irmão Gregório matos , vc tem toda razão devemos sim orar por esses pastores , pois o inimigo de Cristo está em nosso encalço , querendo nos devorar , se buscarmos a Cristo , verdadeiramente seremos salvos ,mas onde podemos encontra-lo ? Irmão Cristo nos fala em sua palavra João 5:39 que devemos examinar as escrituras , porque é somente a palavra de Deus que vai nos conduzir para rebanho verdadeiro. As profecias que antecedem a volta de jesus estão se cumprindo , e muitos cristãos estão desapercebidos e vivendo uma vida em desacordo com a palavra de Deus . Oremos sem cessar por todos os nossos semelhantes .

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentários do Facebook