PRINCIPAIS DICAS DE SINALIZAÇÃO DIGITAL PARA VAREJO

Neste post, apresentamos uma seleção de conselhos que podem ajudá-lo a aproveitar ao máximo sua sinalização quando se trata de implementá-la em um ambiente de varejo.

 

E tudo sobre deixar sua marca no varejo. Pode ser um desafio se destacar da concorrência, e as empresas investem grande parte de seus orçamentos em marketing, o que significa que a importância de fazer uma declaração no setor deve ser uma das principais prioridades das marcas. À medida que a concorrência aumenta, as marcas têm a tarefa de encontrar as maneiras mais divertidas, educacionais e inovadoras de se conectar aos clientes por meio de sinalização digital.

 

  1. Inspire-se

Quando você está tentando virar a cabeça no mundo do varejo, pode ser difícil saber por onde começar. Se você trabalha em um setor como o setor de restaurantes, a maioria das suas decisões será tomada por você (você verá um cardápio e ofertas especiais). Porém, outras áreas do varejo oferecem mais opções e, em nosso post sobre inspiração na publicidade de sinalização digital, esperamos encontrar a  centelha que acende seu próximo projeto .

  1. Use as tecnologias mais recentes

Experiência e contexto e duas áreas recebendo muita atenção no mundo da sinalização digital. Os dias de animação e som suficientes para impressionar já se foram há muito tempo, e agora você cria ondas adicionando uma dimensão extra à sua sinalização (por meio de elementos como interatividade ou atualizações em tempo real).

  1. Escolha fontes com sabedoria

Este é um conselho de senso comum, mas sempre vale a pena ser explícito sobre o uso de fontes em um projeto. Idealmente, você não deseja usar mais de dois estilos de fonte em uma tela. Você pode fazer isso, mas é preciso muito mais habilidade para combinar várias fontes, portanto, aborde esta com cautela. Além disso, considere a legibilidade. As fontes de script geralmente são difíceis de ler e, como você usará texto grande, é melhor evitar também as fontes com serifa (elas são melhor usadas para grandes partes do texto).

  1. Localização, localização, localização

Onde seu sinal será colocado? No mundo do varejo, existem três áreas principais em que você costuma colocar sinalização: um ponto de trânsito; um ponto de venda; e um ponto de espera. Um ponto de trânsito refere-se a pessoas em movimento; eles não têm tempo para parar e se envolver, a menos que você esteja ajudando-os nessa tarefa, como encontrar orientações. Então, pense em outdoors atraentes como sua inspiração. Para displays de ponto de venda, seu público está pagando por algo; eles ainda estão com pouco tempo, mas apresentem uma grande oferta e você os terá enganchados. Por fim, um ponto de espera oferece a oportunidade mais criativa. As pessoas têm tempo e, em muitos casos, procuram uma distração (como pontos de ônibus). Nesses casos, você tem mais tempo para usar tecnologia, como beacons, e também lança conteúdo mais atraente, como curiosidades e até um pouco de contar histórias.

  1. Não se deixe levar pela falta de orçamento

Embora, como dissemos acima, o marketing possa ser um empreendimento caro, e a sinalização seja uma área que geralmente assumimos que será dispendiosa. No entanto, dependendo dos seus requisitos, você pode testar se não é um orçamento relativamente pequeno para você.

  1. Mantenha distância

De que distância as pessoas vão se envolver com a sua sinalização? Provavelmente, é uma das perguntas mais importantes a serem feitas quando você procura apresentar displays no varejo, mas também é fácil ignorar (ou julgar mal). É necessário considerar as dimensões da tela, ângulo de visualização, tamanho do tipo e contagem de caracteres para o texto.

  1. Coloque as ofertas na frente e no centro

Nunca foi tão difícil para os pontos de venda tradicionais competir com seus parceiros on-line, mas uma opção é oferecer ofertas especiais nas lojas. Mas se você optar por apresentar ofertas especiais, a sinalização digital é uma maneira fantástica de não apenas chamar a atenção para elas, mas também de garantir que elas estejam sempre atualizadas.

  1. Valorize a oferta

Por mais importantes que sejam as imagens, o vídeo e o som, ainda não há substituto para uma cópia incrível. Se você tiver uma oferta especial, não a oculte em um parágrafo de texto. Traga à tona sua mensagem principal e apresente-a grande e ousada. Se você estiver oferecendo algo, enfatize ‘GRATUITO’ e, se houver uma economia, diga às pessoas exatamente quanto custa.

  1. Mantenha seus designs limpos

Pode ser tentador empacotar sua tela de varejo de sinalização digital com conteúdo, mas isso diminui bastante o valor do conteúdo principal. Manter uma estratégia de design limpa e facilitar o uso possível evitará confusão em eventos ao vivo ou quando a tela for deixada em espaços públicos. Pense em adicionar uma frase de chamariz para convidar seu cliente a interagir, pois às vezes pode ser confuso em telas digitais maiores. É importante projetar suas telas para diferentes usos, especialmente quando se trata de telas sensíveis ao toque. Geralmente, pode ser difícil dizer se um elemento do design é interativo, por isso é importante que seus designs orientem os usuários para o conteúdo que você deseja que eles experimentem.

  1. Use tamanhos de tela diferentes

Maior nem sempre é melhor! As telas de varejo de sinalização digital de vários tamanhos podem envolver os clientes de maneiras diferentes e agregar valor à sua estratégia de lançamento de produtos. Telas menores parecem mais pessoais, portanto o conteúdo deve refletir um tom mais pessoal. Ao trabalhar em vários tamanhos de tela, é importante criar projetos que sejam responsivos, economizando tempo e dinheiro para os negócios a longo prazo. Projetos responsivos significam que suas imagens e conteúdo serão redimensionados em diferentes dispositivos para serem exibidos corretamente. Muitas marcas lançadas usando telas digitais geralmente esquecem de levar em consideração o design adaptável. Pense em onde você coloca suas telas digitais, pois certos eventos exigem telas maiores e alguns parecerão sobrecarregados por uma tela grande.

  1. Pense em usabilidade

Quando você foi informado de que não tocava, agora as marcas estão convidando os usuários a não apenas tocar, mas interagir com telas digitais. Uma etapa importante da integração da sinalização digital no lançamento do produto é determinar quem usará a tela e quão acessível ela deve ser. Isso significa decidir se os recursos da tela de toque serão usados ​​ou se a tela digital será focada na exibição. Isso não apenas economiza dinheiro na impressão, mas também economiza tempo, pois eles podem ser facilmente alterados com a próxima oferta de conteúdo.

  1. Traga o barulho

O som é uma adição fantástica a qualquer dispositivo de tela digital ou tela de toque. Você não quer que seu monitor seja atraente – adicionar som aos seus monitores é uma maneira única de capturar a atenção de seus clientes. Recentemente, uma campanha anti-tabagismo criou uma campanha única e, embora um pouco controversa, a mensagem foi bem recebida. Uma ressalva importante, porém, é que você precisará determinar a configuração em que sua sinalização digital será exibida, pois o som pode não ser a melhor opção durante grandes eventos ruidosos. Afinal, a última coisa que você deseja é que o som da sua tela concorra com outros ruídos próximos e afaste seus clientes da sinalização.

conscienciacristanews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.