Silas Malafaia posta vídeo de três anos atrás falando dos 100 mil e alega inocência

Alvo de um mandado de condução coercitiva, o pastor Silas Malafaia publicou em rede social um vídeo de mais de três anos atrás.

No vídeo, da época em que recebeu o cheque de R$ 100 mil, Malafaia se refere à “oferta” feita por um advogado de Santa Catarina que tinha acabado de vencer uma causa.

“Mais uma prova [de inocência]. Veja a minha fala no dia 7 de julho 2013 diante de 20 mil pessoas sobre a oferta que recebi. Isso não é corrupção!”

A suspeita a ser esclarecida pela Polícia Federal é se Malafaia teria “emprestado” contas correntes de uma instituição religiosa sob sua influência com a intenção de ocultar a origem ilícita dos valores.

Segundo o relato, um outro pastor foi quem comunicou a Malafaia que o advogado queria lhe fazer a oferta porque, dois anos antes, Malafaia, embora tenha dito que não se lembrava muito bem, havia orado pela vitória do advogado, a pedido do mesmo pastor.

A causa, da qual Malafaia não demonstra no vídeo saber qualquer detalhe, pode ter sido justamente uma das cobranças judiciais de roylaties nas quais consistia o esquema de corrupção.

O advogado, ainda segundo o relato, pegou um avião numa terça-feira, foi ao escritório de Malafaia e lhe deu o cheque de R$ 100 mil.

Assista:

Redação Consciência Cristã News
Com informações da VEJA Online
Imagem: Reprodução Youtube

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentários do Facebook