Pós-eleição nos Estados Unidos: “Estamos devastados e irritados”, diz presidente de clínica abortista

AP Photo/J. Scott Applewhite

Abortistas ficam desesperados diante da possibilidade de perderem verbas com a eleição de Trump.

A Planned Parenthood está em apuros. Após a surpreendente derrota de Hillary Clinton pelo republicano Donald Trump, a empresa de aborto emitiu um apelo aos adeptos e defensores de sua causa. A presidente da Planned Parenthood, Cecile Richards, foi forçada a dizer aos seus apoiadores que planeja permanecer em funcionamento e não fechará as portas, desde que continue a receber apoio financeiro para a instituição, relata o LifeNews.

“Vamos todos tirar essas palavras do caminho: devastados. Irritados. Quebrados. Ofendidos. Chocados. Tristes. Enojados. Envergonhados. Desencorajados. Exaustos. Destruídos”, diz Richards. “E agora mais quatro palavras – que são mais importantes: Estas. Portas. Ficam. Abertas.”

Mas Richards precisará cavar bem fundo nos bolsos daqueles que pretendem contribuir. E bem rápido, se deseja realmente manter o seu negócio milionário aberto ao público. “Cabe a nós continuar lutando para proteger os centros de saúde da Planned Parenthood, para que eles possam  continuar servindo as pessoas que dependem dela”, disse ela.

Ao que tudo indica, acabou de vez a mamata.

Fonte: Consciência Cristã News
Com informações do site Hello Christian

Traduzido por Bruno Bonete

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentários do Facebook