Pornografia leva ao abuso sexual de 2 milhões de crianças por ano, diz pesquisa

O cineasta cristão Andrew Douglas, que gravou um documentário sobre o assunto, afirma que assistir pornografia está ligado diretamente a promoção do tráfico humano.

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O tempo médio de vida de uma atriz pornô é de apenas 36 anos. Um novo vídeo pornográfico é carregado na internet a cada 39 minutos. Assombrosamente, 60% dos divórcios são resultado de uma esposa que vê conteúdo adulto. A cada segundo, mais de 3 mil dólares são gastos em pornografia na internet.

Estas são apenas algumas das estatísticas chocantes que foram reveladas no novo documentário da White Shadow Films, “Ten Million Throwaways”. Escrito e dirigido pelo cineasta australiano Andrew Douglas e filmado em vários continentes, a série conta as histórias daqueles afetados pela indústria cinematográfica adulta, desde ex-estrelas pornográficas até adeptos em recuperação.

Assine o Blesss

“Como cristão, sinto-me impelido em fazer filmes verdadeiros, não importa o que seja o assunto”, disse Douglas ao The Gospel Herald em entrevista exclusiva. “Eu acredito que esses tipos de assuntos precisam ser trazidos ao público em todo o mundo e ser tratados de frente. Embora a pornografia seja um tabu a ser discutido, acho que a verdade precisa ser descoberta, expor o que realmente está acontecendo na indústria”, disse ele.

Todos os entrevistados em “Ten Million Throwaways” estiveram envolvidos com o negócio de filme adulto, e todos foram abusados ​​sexualmente quando crianças ou expostos a material pornográfico. O elenco inclui o músico Jason Chu, as ex-atrizes Crissy Moran e Jan Villarubia e a ex-dançarina Harmony Dust, que coletivamente estrelaram em mais de 100 filmes para adultos.

Pontos de acesso ao tráfico sexual

Incrivelmente, nenhum dos entrevistados foi pago para aparecer. “As histórias que ouvimos foram bastante emotivas”, disse Douglas. “Espero que este documentário possa educar aqueles que assistirem. Quando os pais olham pornografia, espero que eles pensem: ‘Esta é a filha de alguém’. Parece clichê, mas essa é a verdade. Há muitas coisas horríveis acontecendo. Espero que as pessoas abram seus olhos e pensam duas vezes”.

Narrado por Michael Madsen (Kill Bill, Sin City) e filmado em vários países com fortes pontos de acesso ao tráfico sexual nos EUA, “Ten Million Throwaways” também expõe como o entretenimento do filme adulto vincula diretamente o tráfico de seres humanos. Douglas disse que enquanto os EUA for um transmissor para o tráfico sexual, isto será um “problema mundial”.

Cerca de 2 milhões de crianças são exploradas anualmente no comércio mundial de sexo e quase 6 em cada 10 sobreviventes do tráfico são para fins sexuais. “As pessoas geralmente não associam a pornografia ao tráfico sexual, mas é exatamente o oposto”, disse Douglas. “Depois de consumir pornografia por tantos anos, a progressão natural é procurar experiências físicas. A próxima parada seria uma prostituta. As meninas traficadas estão chegando no início da adolescência, ainda mais jovens antes da idade com consentimento legal”.

Ele acrescentou: “Infelizmente, no momento, as pessoas não pensam nas consequências devastadoras, como os casamentos fracassados ​​e a próxima geração crescendo, sendo um produto do divórcio. A pornografia muda os caminhos neurológicos do cérebro. É muito difícil parar com esse vício. Pare de assistir pornografia, cada clique impulsiona a demanda. Se as pessoas parassem de clicar, a pornografia não produziria receita e isso tornaria o trabalho dos produtores mais difíceis. Não é algo facilmente combatido. Cabe ao indivíduo tomar uma posição”, finalizou.

Com informações do The Gospel Herald
Tradução: Guiame
Imagem: Reprodução

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentários do Facebook