Mulher que lutava contra o câncer tem quadrigêmeos e diz: “Confio meu futuro a Deus”.

0
495

Uma mulher de Tennessee que teve quadrigêmeos um mês depois de descobrir que seu câncer havia retornado, disse que confia em Deus para o seu futuro e acredita que Ele tem um plano.

De acordo com WKRN em Nashville, Kayla Gaytan e seu marido, o sargento Charles Gaytan, ficaram atônitos quando descobriram que eles estavam esperando quatro bebês, sem qualquer tratamento de fertilidade.

“Ela me telefonou, e estava em um Humvee e eu realmente não podia ouvi-la”, disse Charles. “Foi realmente uma das melhores notícias que recebi na minha vida.”

Diagnosticada com linfoma Hodgkin, Kayla tinha acabado de fazer 5 meses de tratamento quimioterapico e estava em remissão quando soube que estava grávida. Apesar de ter quatro bebês, Kayla não teve complicações reais durante o curso de sua gravidez.

“Meu objetivo original era de 34 semanas, porque eu pensei que se eu pudesse vencer o câncer, certamente poderia chegar a 34 semanas,” disse Kayla. “Eu só ficava tentando dizer a mim mesmo que eu poderia fazê-lo.”

Um mês antes de os bebês nascerem, Kayla começou a notar sintomas de seu câncer, e logo após, uma biópsia confirmou seu medo, o câncer tinha retornado. Os médicos também disseram que ela tinha apenas 50% de chance de sobreviver nos próximos cinco anos.

“Você acha que você venceu na primeira vez, e quando ele retorna, provavelmente você está se pergunta por que ficar grávida de quatro bebês! E então você sabe, alguma coisa acontece”, disse Kayla.

“Ela trabalhou duro para lutar na primeira vez, e agora ter que passar por tudo de novo, parte meu coração”, disse Charles.

Apesar de seu futuro incerto, Kayla disse que acredita que Deus tem um plano para sua vida, e está pronta para retomar a quimioterapia em duas semanas, que vai durar 16 meses.

“Sabemos que Ele tem que ter um plano diferente lá em cima para nós, e certamente tudo ficará bem no final”, disse à saída.

 

Por Jonara Gonçalves
Com informações BTN

Imagem: reprodução web

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentários do Facebook