O fim da “Nova República”

Delação premiada do grupo JBS atinge 1890 políticos, de vereadores ao presidente da república

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Ontem Lauro Jardim, do Globo, revelou que os donos da JBS – empresa que no governo PT se tornou uma das maiores do mundo – gravaram Michel Temer indicando seu ex-assessor para atuar numa operação de compra de silêncio de Eduardo Cunha. Há um grampo no qual Aécio Neves (afastado hoje do Senado pelo STF) pede R$ 2 milhões para arcar com sua defesa. E foi dito que o ex-ministro de Dilma, Guido Mantega, repassava propina a parlamentares petistas e aliados.

O Antagonista apurou que a delação premiada do grupo JBS atinge 1890 políticos, do presidente da República a vereadores. Ontem só se viu uma pequena parte da delação dos donos de um das maiores indústrias de alimentos do mundo. De acordo com Diego Escosteguy, a delação da JBS também cita pagamentos de propina para o Instituto Lula.

Mas que ninguém se engane. Temer e seus aliados (que chegaram ao poder com votos e apoio do PT) são só a outra metade da ORCRIM que capturou o Brasil: cortejaram UNE, MST e CUT; fizeram corpo mole ao não abolir a lei Rouanet e o imposto sindical; colocaram nas presidências da câmara e do senado dois investigados na Lava Jato; mantêm no governo vários ministros acusados de corrupção; agem para esvaziar a Lava Jato.


Para complicar o cenário político, se Temer renunciar, for cassado ou sofrer impeachment, quem assumirá a presidência será Rodrigo Maia; se ele virar réu, Eunício Oliveira assumiria; e se este virar réu, Carmen Lucia, presidente do STF, assume o cargo até que um novo presidente seja eleito indiretamente, pelo Congresso Nacional. Como tudo que está ruim pode piorar, o PSOL, partido de extrema-esquerda, começou uma campanha inconstitucional por “Diretas Já”, para lucrar com o cenário de aprofundamento da crise e tentar com que Lula – que deve ser condenado em 1ª instância em breve – seja candidato em nova eleição.

Se o PMDB é classificado como partido “pega-tudo” de centro, o PSDB só se diferencia do PT por ser a esquerda que sabe usar talheres numa refeição. Que a Lava-Jato prenda todos os corruptos travestidos de homens públicos, e que os partidos beneficiados pela corrupção sejam cassados.

Mas que não haja ilusões. Agora, tudo ficou mais difícil para os brasileiros, logo num momento em que a economia estava se recuperando. A aprovação das reformas trabalhista e da previdência será impossível. E o povo pagará caro pela corrupção endêmica que assola a estrutura política brasileira, pois a economia vai desabar junto com os políticos. O país – com 14 milhões de desempregados e um parque industrial seriamente afetado – vai mergulhar na pior crise política e econômica da sua história.

O Brasil realmente não é para iniciantes.

“Ergue-te, SENHOR, na tua ira; […] Desperta-te, meu Deus, tu que decretas a justiça. […] Que a maldade dos ímpios cesse, mas que o justo se estabeleça; pois tu, ó Deus justo, provas o coração e os pensamentos. Deus […] salva os retos de coração. […] O ímpio gera a perversidade, concebe a maldade e dá à luz a falsidade. Quem abre uma cova e a torna mais profunda, acabará caindo na cova que fez. Sua maldade recairá sobre sua cabeça […]. Eu louvarei o SENHOR segundo sua justiça e cantarei louvores ao nome do SENHOR, o Altíssimo.” (Sl 7.6,9-10,14-17)

Por Franklin Ferreira
Postado com permissão pela VINACC
Imagem: Reprodução

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentários do Facebook