Dois missionários cristãos sul-coreanos foram detidos na China

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Na China, dois missionários cristãos sul-coreanos foram detidos, acusados de tentar ajudar chineses desertores.

Um pastor e sua esposa foram detidos enquanto tentavam embarcar no avião cujo destino era Coréia do Sul. Outro casal de missionários foi detido no quarto de hotel. As mulheres foram liberadas, mas não tem notícias de seus maridos.

“Os pastores assumiram às autoridades chinesas que estavam ajudando aos norte-coreanos sofredores de maus tratos no país”, afirmou o pastor e ativista Peter Jung à agencia de notícias Yonhap.

Os pastores foram levados para a cidade de Benxi, distrito de Liaoning, onde esperam o julgamento sob custódia.

O governo chinês há anos vem tentando expulsar missionários da Coreia do Sul, principlmente da região de Jilin. Aproximadamente de 30 a 70 pastores já foram expulsos desde região nos últimos meses, segundo informou a agencia AFP.

“As autoridades chinesa invadiram as casas destes missionários alegando problemas com os vistos e os deportaram”, disse um ativista dos direitos humanos à AFP.

Ainda que não tem sido frequente, o governo chinês tem sido mais rígido e agressivo nos últimos meses.

Uma fonte anônima disse ao Financial Times: “Os missionários sempre foram discretos, e antes, a maioria dos missionários recebiam avisos de deportação com um mês de antecedência, até porque suas atividades no país não os prejudicava em nada”.

As detenções aconteceram em um mau momento, cujo os ânimos estão alterados pelas constantes ameaças da Coreia do Norte com seus mísseis e ‘China’ é quem tem “comandado” a estabilidade da situação.

 

Com informações CBN
Imagem: reprodução web

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentários do Facebook