Apesar da perseguição extrema, aumenta o número de conversões na Índia

Perseguição não abalou a igreja da índia, que continua crescendo e abrindo novos locais alternativos de culto a Jesus.

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Vijayesh Lal, secretário geral da Comunidade Evangélica da Índia, explicou que apesar da chamada lei de “liberdade religiosa”, é “habitual ver pastores e evangelistas detidos e acusados, mas agora até mesmo as mulheres e as crianças são presas e acusadas da mesma maneira”.

Nestes momentos, a ideologia “Hindutva” é uma das causas de marginalização dos cristãos. O movimento nacionalista une a identidade nacional à religião hinduísta, usando “princípios fascistas”. Para ele, “a comunidade cristã é um alvo fácil, porque normalmente não costuma retaliar, daí vem a violência sobre eles.” Só em janeiro de 2017 “houveram 18 incidentes verificados de violência contra cristãos na Índia.”

Assine o Blesss

Contudo, existem três estados como Nagaland, Mizorán e Megalaya, onde não existe tal perseguição. Os cristãos ali têm maior liberdade que em outros estados. Talvez as leis não amparem e configuram-se em simples promessas, mas a fé não tem minguado. Eles continuam pregando a Palavra de Deus e muitos tem sido convertidos, ao ver as maravilhas de Deus.

Apesar da perseguição, igrejas tem se multiplicado e não havendo lugares formais para culto, as cavernas são adequadas para eles. O crescimento é tanto numérico como em maturidade. Essas igrejas clandestinas organizam reuniões mensais e anuais de oração.

Elas tem intercedido para que acabe com esta cultura de ódio e para que seja promovida a liberdade religiosa real e definitiva para todos na Índia.

 
Por Léo Gonçalves
Redação Consciência Cristã News
Com informações do Protestante Digital
Imagem: Reprodução

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comentários do Facebook